Submissão de Artigos

Os artigos serão recebidos no período de 08 de fevereiro a 23 de agosto de 2019, precisamente até às 23 horas e 59 minutos (horário de Brasília).

Cada autor poderá submeter, no máximo, 02 (dois) artigos para apresentação no evento, desde que para linhas de pesquisa cujos Grupos de Trabalhos - GTs ocorram em datas diferentes, de acordo com o Edital.

Para submissão de artigos é necessário o preenchimento completo do cadastro individual no portal do CONPEDI, tanto pelos autores brasileiros quanto os estrangeiros.

Os artigos deverão ser submetidos exclusivamente através do portal do CONPEDI, no endereço eletrônico www.conpedi.org.br, diretamente na “Área Restrita”, seguindo rigorosamente as especificações do presente edital e dos procedimentos previstos no próprio sistema.

Somente os associados ao CONPEDI, com a anuidade do ano de 2019 quitada, poderão submeter artigos, independente da sua nacionalidade.

O pagamento da anuidade não está vinculado à aprovação do artigo, portanto, o CONPEDI não se responsabilizará por devoluções desse recurso em nenhuma hipótese. Após realizado o pagamento da anuidade é necessário aguardar a compensação automática através do sistema bancário. A compensação dos pagamentos via boleto bancário pode ocorrer em até 72hs úteis e, nos pagamentos via cartão de crédito/débito, em até 24hs úteis.



Submissão de Pôsteres

O conteúdo dos pôsteres serão recebidos entre o período de 08 de fevereiro a 23 de agosto de 2019, exclusivamente pelo portal do CONPEDI.

O(s) autor(es) poderá(ão) submeter apenas um resumo para exposição e apresentação no evento, salvo na condição de orientador, conforme previsto no item. Para submissão de resumo é necessário o preenchimento completo do cadastro individual no portal do CONPEDI, tanto pelos autores brasileiros quanto estrangeiros.

Os resumos deverão ser submetidos exclusivamente através do portal do CONPEDI, na área restrita, disponível no portal do CONPEDI, no endereço eletrônico www.conpedi.org.br, de forma estruturada, seguindo rigorosamente as especificações do presente edital, constando obrigatoriamente: introdução, problema de pesquisa, objetivo, método, resultados alcançados e referências.

O resumo do pôster (de conteúdo igual ao cadastrado na área restrita e impresso) deverá ser estruturado e apresentar uma síntese das informações mais relevantes da pesquisa realizada ou em andamento e respeitar as normas da ABNT. Parágrafo único: Os autores que não respeitarem essas especificações terão seus pôsteres automaticamente desclassificados e excluídos da avaliação.



Inscrições

Para a apresentação de artigos, o pagamento da taxa de inscrição deverá ser obrigatoriamente na modalidade “apresentação de artigo”.

CONPEDI não realizará devoluções de pagamentos de inscrições ou transferência desses valores para terceiros. Os autores que não forem participar do evento estão dispensados do pagamento da inscrição. Os ouvintes poderão participar do evento mediante pagamento da taxa de inscrição na sua respectiva modalidade, sendo que esses ficam dispensados do pagamento da anuidade. Qualquer pessoa poderá participar do evento na modalidade de ouvinte. Nesse caso, receberão somente o certificado de participação, desde que realizados os devidos registros de frequência, conforme descrito no edital.  Mesmo na condição ouvinte, é obrigatório o preenchimento do cadastro no portal do CONPEDI.

Não serão aceitos pagamentos de inscrição realizados no cadastro de terceiros. A taxa de inscrição deverá ser paga exclusivamente através do acesso ao link disponibilizado no portal do CONPEDI, na área restrita. Essa poderá ser quitada através das opções de cartão de crédito ou boleto bancário.

Não serão aceitos depósitos em conta e/ou transferências bancárias diretamente na conta da instituição. A opção de pagamento via boleto será suspensa no dia 06 de novembro com a finalidade de garantir a compensação do pagamento até a data de início do evento.

MODALIDADES DE INSCRIÇÃO:

APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS

Modalidade que permite a apresentação de artigo, apresentação de pôster e participação nos painéis:

Inscrições com desconto: de 11 de outubro até 31 de outubro de 2019 = R$395,00;
Inscrições sem desconto: de 1º de novembro até 15 de novembro de 2019 = R$560,00.

APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES

Modalidade que permite apresentação de pôster e participação nos painéis: 9.8.2.1

Inscrições com desconto: de 11 de outubro até 31 de outubro de 2019 = R$245,00;
Inscrições sem desconto: de 1º de novembro até 15 de novembro de 2019 = R$500,00.

OUVINTES

Modalidade que permite participação como ouvinte e participação nos painéis:

Inscrições com desconto: de 11 de outubro até 31 de outubro de 2019 = R$210,00;
Inscrições sem desconto: de 1º de novembro até 15 de novembro de 2019 = R$400,00.

As inscrições poderão ser realizadas no local do evento.
Serão aceitos cartões de crédito/débito ou dinheiro.
A Comissão Organizadora não assegura o fornecimento do material do evento para aqueles que optarem por realizar a sua inscrição nos dias do evento.



Registro de Frequência

Para atingir a frequência de 75% exigida em Edital e ter direito ao CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO, você deve obrigatoriamente participar de pelo menos dois dias do Encontro e fazer a leitura do seu QRCODE uma vez por dia

A responsabilidade da leitura do QRCODE é exclusiva do participante, não podendo ser realizada por terceiros. Caso ocorra, o código será invalidado e o certificado não será emitido.



Espaço do Autor

Assim como nos demais eventos nacionais do CONPEDI, os participantes também poderão expor seus livros durante o XXVIII Congresso Nacional do CONPEDI, a ser realizado em Belém entre os dias 13 e 15 de novembro.

As obras serão comercializadas no “Espaço do Autor”, um estande exclusivo para exposição e venda dos exemplares disponibilizados pelos próprios pesquisadores. A ação é mais uma iniciativa do CONPEDI para incentivar a valorização da produção científica e consolidar os referenciais teóricos nacionais.

Mais informações em breve!



Dúvidas

AVALIADORES
Patrícia Coelho
[email protected]

COMUNICAÇÃO 
Bianca Jung
[email protected]

ESPAÇO DO AUTOR
[email protected]

FINANCEIRO 
Ana Caroline da Silva
[email protected]

PÔSTERES
Gisele Bento
[email protected]

REVISTA INSTITUCIONAL 
Eduardo Soares
[email protected]

SECRETARIA
Karine Soares
[email protected]

Telefone: (48) 3334-3077





Aplicativo

Para facilitar o acesso às informações do XXVIII Congresso do CONPEDI, temos um aplicativo que reúne os principais conteúdos do evento que irá acontecer em Belém. Disponível para Android e IOS.

1. Entre no ícone Play Store ou App Store do seu celular;

2. Digite “Conpedi” na área de busca;

3. Selecione a opção “instalar”.

E pronto! É só acessar e ficar por dentro de toda a programação diretamente do seu celular! 



Credenciamento / Crachá

COMO IMPRIMO MINHA CREDENCIAL?

  1. Acesse o site do CONPEDI (CONPEDI.ORG.BR)  e selecione o botão área restrita
  2. Preencha os campos e-mail e senha
  3. Selecione a janela do XXVIII Congresso Nacional do CONPEDI Belém / PA  e clique no botão “MAIS INFORMAÇÕES"

(Imagem Ilustrativa abaixo)


4. Realize a impressão. A credencial deve ser impressa em papel sulfite no formato A4 e ter alta qualidade, de impressão prioritariamente laser, para não prejudicar a leitura do seu QRCODE durante o evento. A folha com a credencial impressa não poderá ser rasurada ou amassada. 

5. No setor de credenciamento do evento, apresente esta credencial e um documento com foto para retirar seu material e ter acesso ao Congresso.

 O credenciamento é indispensável para participação na abertura. Você deve obrigatoriamente levar sua credencial impressa e apresentá-la junto a um documento com foto no ato do credenciamento.

É importante que os participantes se organizem para imprimir os crachás antes do início do evento, e que tenham o mesmo em mãos para prevenir possíveis problemas com a entrada.



Turismo

Indicações de atrações turísticas e culturais de Belém do Pará

 

Ver-o-Peso
Frutas, farinha, castanha, peixe, verduras, especiarias artesanato, bichos vivos e artigos para mandinga. Tudo isso e muito mais existe no Ver-o-Peso, o mercado a céu aberto mais famoso de Belém. É o típico mercado municipal das capitais, caótico, quente, sujo, lindo, feio, aromático e catinguento. Suas origens remontam ao século 17, quando nasceu como mercado dos caboclos. O complexo do Ver-o-Peso – que compreende o mercado de peixe, a doca, a feira do açaí, a Praça do Pescador, o mercado de ferro, a Praça do Relógio, a Ladeira do Castelo e o Solar da Beira – funciona todos os dias, dia e noite. O ideal, contudo, é você visitá-lo apenas de dia ou à tarde, com pouco dinheiro no bolso e um olho sempre em seus pertences.

Estação das Docas
O antigo porto belenense foi transformado em um shopping à beira do rio Guajará e inaugurado no ano 2000. O projeto da Estação das Docas conservou e restaurou a estrutura de ferro dos galpões do porto e manteve sua aparência rústica, mas com tecnologia (ar-condicionado, iluminação, escadas rolantes) e conveniência (banheiros, revistaria, caixas eletrônicos). Guindastes norte-americanos do início do século 20 decoram a principal via de pedestres da Estação, além de bancos que servem como mirantes para admiração da orla. A Estação está dividida em três boulevares – de artes (com cinema e teatro), gastronômico e o de feiras e exposições.

Praça da República
Aos domingos, a Praça da República, na avenida Presidente Vargas, fica lotada de famílias, cachorros, crianças com bicicletas e turistas. É uma das mais importantes de Belém. Não raro acontecem apresentações de música e dança em algum canto.

Parque Zoobotânico Emílio Goeldi
O parque zoobotânico do Museu Emílio Goeldi conserva uma grande mostra da fauna e flora brasileira nos seus 5,2 hectares de extensão encalacrados bem no meio de Belém.

Mangal das garças
No centro velho de Belém, bem perto de onde a cidade começou, foi erguida, há cinco anos, uma das mais importantes reservas ecológicas da cidade, com 34,7 m² e centenas de espécies de animais e vegetais nativos da região amazônica. O Mangal das Garças conta com borboletário, viveiro de pássaros e plantas, farol, restaurante, museu da navegação, loja de produtos naturais, plantas, livros e CDs, além de uma vista incrível para o rio Guajará.

Museu de Arte Sacra
No interior em penumbra da Igreja de Santo Alexandre, os quadros com motivos religiosos, capelas laterais em estilo barroco talhadas em madeira, imagens de santos e retábulos parecem ficar ainda mais sagrados. A igreja foi inaugurada em 1719 pelos jesuítas que estavam em missão em Belém. Tanto a igreja quanto seu prédio anexo – o antigo Colégio de Santo Alexandre – foram transformados em museu em 1991.

Theatro da Paz
Financiado pelos barões da borracha o Theatro da Paz foi construído inspirado no Teatro Sacalla de Milão na Itália. Destacam-se, na decoração, materiais e objetos trazidos da Europa, como o lustre e as estátuas de bronze francesas, o piso de pedras portuguesas e a escadaria em mármore italiano.

Basílica de Nazaré
A Basílica Santuário de Nazaré é uma das igrejas mais belas de Belém, e possuí uma arquitetura impressionante com estilo neoclássico. Erguida no mesmo local onde foi achada a imagem de Nossa Senhora às margens do Igarapé Murucutuem 1852 é a única basílica da região amazônica e tornou-se Santuário em 2006.

Forte do Presépio
O Forte do Presépio, também conhecido como Forte do Castelo, foi levantado em 1616 para conter ataques indígenas e de corsários ingleses e holandeses que rondavam a região. Ao longo dos anos passou por várias transformações e atualmente abriga o Museu do Forte do Castelo de São Jorge que exibe objetos indígenas e cerâmica marajoara com foco na colonização da Amazônia.

Catedral da Sé
A Igreja da Sé de Belém é um dos principais e mais importantes monumentos do Pará seja no ponto de vista histórico, cultural ou arquitetônico. Criada em 1748 com base no projeto do arquiteto italiano Antonio José Landi, a igreja foi nomeada na época como Igreja Cathedral de Santa Maria de Bellem do Grão Pará.

Outros atrativos turísticos em Belém:

  • Parque da Residência
  • Corveta Museu Solimões
  • Palacete Bolonha
  • MHEP – Museu Histórico do Estado do Pará
  • Museu de Arte de Belém (MABE)
  • Teatro Experimental Waldemar Henrique
  • TEstação Gasômetro

Fonte (http://bit.ly/32Evtx4)
Fonte (http://bit.ly/32AHuDV)

 



Fóruns

Programação de Fóruns em construção. Mais informações serão adicionadas nos próximos meses.

Dia 14 de novembro
Fórum de NPJs
Horário:
09h30min

O  III Fórum Nacional de Núcleos de Prática Jurídica  se propõe a  solidificar a rede de colaboração entre as Faculdades de Direito que vem sendo formada desde sua primeira edição, no ano de 2018.  Tendo sido um evento muito bem recepcionado por acadêmicos, pesquisadores e, principalmente, por coordenadores de NPJs de todo o Brasil,  busca-se estimular o necessário  diálogo para a construção e solidificação das temáticas atinentes aos Núcleos de Prática Jurídica.

Diante da necessidade de manter o constante debate acerca  da importância da atuação dos Núcleos,  da sua influência na formação acadêmica, bem como para a reflexão sobre seu efetivo papel de mediar o acesso a justiça, seja na defesa dos direitos individuais e coletivos, que garantam a construção da autonomia. Assim, o  Fórum representa uma oportunidade de encontro de pesquisadores e de profissionais que possuam interesse na produção de conhecimento acerca da temática. Neste ano estaremos apresentando a Residência Jurídica como possibilidade de integração entre graduação e pós graduação, como determina o inciso VIII do artigo 2º da resolução n. 5, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2018, que institui as diretrizes curriculares nacionais  do curso de graduação em direito.



Painéis

Programação de painéis em construção. Mais informações serão adicionadas nos próximos meses.

Dia 15 de novembro
EDUCAÇÃO JURÍDICA NO SÉCULO XXI: PENSANDO OS CURSOS DE DIREITO A PARTIR DAS NOVAS DCNs
Horário:
09h30min

Coordenador ABEDi:
MARIA VITAL DA ROCHA
Doutora em Direito pela USP. Professora Adjunta do Departamento de Direito Civil da UFC. Coordenadora e Professora Permanente do PPGD/UFCE. Coordenadora do Curso de Direito do Uni7, onde também é Professora Permanente do PPGD. Presidente da ABEDi. Membro da CNEJ/OAB-CF. Procuradora Federal aposentada.

Painelistas:
CARLOS ANDRÉ BIRNFELD
Doutor e Mestre em Direito pelo PPGD/UFSC. Especialista em Administração Universitária pela FURG. Professor Titular da FURG/RS, atuando como docente da Faculdade de Direito e Professor Permanente do PPGD/FURG. Consultor ad hoc SERES/MEC. Sócio fundador da ABEDI.

HORÁCIO WANDERLEI RODRIGUES
Doutor e Mestre em Direito pela UFSC. Estágios de Pós-Doutorado em Filosofia/UNISINOS e em Educação/UFRGS. Professor Permanente do Mestrado Profissional em Direito/UFSC e Professor Convidado do PPGD/UniCuritiba. Professor Titular (aposentado) do Departamento de Direito da UFSC. Sócio fundador do CONPEDI e da ABEDi. Membro do Instituto Iberomericano de Derecho Procesal. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

RENATO DURO DIAS
Doutor em Educação e Mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural pela UFPEL. Pró-Reitor de Graduação da FURG, atuando como docente da Faculdade de Direito e Professor Permanente do PPGD/FURG. Professor Visitante no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Diretor Regional Sul da ABEDi. Coordenador Regional Sul da Rede de Pesquisa Empírica em Direito (REED).